Jogo de Torneio #180 – Supporter Week Trophy

Nono e penúltimo jogo do Mengo/Várzea Medicine na SWT [tournamentid=2108472], temporada 7, e o time conseguiu a quinta vitória seguida (sendo a sexta no geral), algo inédito na história do clube nessa tradicional competição!

E veio em grande estilo, vitória 3-2 contra um time da V Divisão da Polônia em jogo bem parelho, com 2 gols de Arthur Vilhena e 1 de Camilo Godoy.

 

Mengo/Várzea  3 – 2  ZAWORKI

. A torcida vai falando o nome de cada um dos jogadores: Coenegracht – SchabhuettlKervinenDavidsen – DestanNorboEgoziGiuradei – PipaVilhenaGodoy.

, e os jogadores vão saindo do vestiário: Falasa – MinaMolins SegoviaOstalski – NurminenModrzykKnobelWawulski – WolickiKleinertOsmałek.

Both teams came out with a similar approach to the match, having chosen to start with a 3-4-3 formation. Mengo/Várzea resolveu dar prioridade à criatividade. O contra-ataque foi a tática escolhida pelo(a) ZAWORKI para tentar compensar a desvantagem no meio de campo do jogo de hoje, tirando vantagem de seu nível fenomenal nesse estilo de jogo. 2 minutos: Terno Nurminen do(a) ZAWORKI deu a vantagem aos visitantes depois de uma seqüência de jogadas pelo meio. Placar: 0 a 1. O empate em 1 a 1 veio aos 26 minutos após uma seqüência de dribles pelo meio e um belo chute de Arthur Vilhena. Ele comemorou saltitando, todo serelepe, depois a torcida adversária duvida da sua masculinidade e ele não sabe a razão. Aos 28 minutos, Ersan Destan do(a) Mengo/Várzea chegou atrasado em uma dividida, inevitavelmente cometendo uma falta dura. O juiz considerou a falta intencional e ‘amarelou’ o jogador! O gol que deu a liderança do jogo à equipe do(a) Mengo/Várzeaaos 35 minutos foi marcado por Arthur Vilhena, após uma infiltração na grande área: 2 a 1. As coisas pioraram para os visitantes. Camilo Godoy escapou pelo meio da zaga adversária aos 40 minutos, alcançando a vantagem de 3 a 1. Ele beijou o emblema exibido em seu peito e foi comemorar junto da torcida. Aos 41 minutos, o juiz já estava no limite de sua paciência, quando Íñigo Mina deu outra entrada com mais força que o necessário e por isso o esperado cartão amarelo foi mostrado para o representante do(a) ZAWORKI. Acerte o seu aí que eu arredondo o meu aqui. O juiz aponta o centro do campo e termina esta etapa. 3 a 1. As torcidas aproveitam o intervalo e estendem faixas pedindo PAZ nos estádios de futebol. “Quem tem que correr é a bola e não vocês”, costuma dizer o técnico do(a) Mengo/Várzea. Seus jogadores seguiram bem os seus ensinamentos e chegaram ao fim deste tempo com 56% da posse de bola.

O(a) ZAWORKI não se dava por vencido(a) e aos 47 minutos conseguiu reduzir o placar para 3 a 2 quando Konrad Wolicki passou pelo último zagueiro do time da casa e meteu uma bomba para o gol. Terno Nurminen invade a área pelo meio, limpa o lance colocando a bola no seu pé bom, chuta forte, a bola vai entrando… defendeeeeu Raymon Coenegracht. Não foi desta vez (60 minutos). Era um dia quente e vários jogadores pareciam cansados. Talvez por isso, Aldo Angelo Giuradeiencontrou mais espaço do que o habitual para seus dribles. 65 minutos: Kamil Modrzyk fez uma grande jogada ao arrancar pela lateral direita, mas a defesa do time da casa conseguiu dar um chutão e isolar a bola para fora de perigo. A partida vai chegando ao fim, o juiz já podia até acabar, mas decidiu dar mais 2 minutos de acréscimo. Fim de jogo! O resultado ficou em 3 a 2. Mengo/Várzea demonstrou melhor intimidade com a bola e a manteve nos pés por 56% durante o final deste tempo.

Dribles desconcertantes! Passes precisos! Calma e parcimônia em cada jogada. Arthur Vilhena, do(a) Mengo/Várzea, jogou muito essa noite, já Kenneth Davidsen foi recebido com uma chuva de pipocas pela torcida. Que apresentação medíocre! Minhas retinas fatigadas vão guardar a imagem do Maurycy Osmałek armando suas jogadas, se destacando no meio do escrete do(a) ZAWORKI, parecendo ter sugado todo o talento do Salva Molins Segovia que nada fez no jogo.

Detalhes de desempenho

Meio-campo formidável (mt. baixo) boa (mt. baixo)
Defesa direita brilhante (mt. baixo) fenomenal (alto)
Defesa central brilhante (mt. baixo) formidável (mt. alto)
Defesa esquerda fenomenal (mt. alto) fenomenal (mt. alto)
Ataque direito razoável (baixo) formidável (mt. alto)
Ataque central sobrenatural (baixo) magnífica (baixo)
Ataque esquerdo boa (baixo) formidável (mt. alto)
Tiro livre indireto
Defesa brilhante (mt. baixo) excelente (mt. alto)
Ataque brilhante (mt. baixo) excelente (baixo)
Orientação
Tática Jogar com criatividade Contra-ataque
Nível fenomenal
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

0 – 1 Terno Nurminen 2′
1 – 1 Arthur Vilhena 26′
2 – 1 Arthur Vilhena 35′
3 – 1 Camilo Godoy 40′
3 – 2 Konrad Wolicki 47′
1 cartão amarelo Ersan Destan 28′
1 cartão amarelo Íñigo Mina 41′

Posse de Bola

56%
44%
56%
44%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
5 5
0 Ataque esquerdo 0
3 Ataque central 4
2 Ataque direito 1
0 Outro 0
0 Eventos especiais 0

About mengomengo