Jogo de Torneio #181 – Supporter Week Trophy

Vitória de 2-0 contra um time III Divisão do Chile.

 

Coyhaique  0 – 2  Mengo/Várzea

. A torcida vai falando o nome de cada um dos jogadores: Binali – GuerreroCalfunaoCarrilloGol – BarrientosFerreiraHenríquezGuemesAoun – Sommavilla.

, e os jogadores vão saindo do vestiário: Coenegracht – SchabhuettlKervinenDavidsen – DestanNorboEgoziGiuradei – PipaVilhenaGodoy.

O time da casa, Coyhaique, entrou em campo com um 4-5-1. Já os visitantes, Mengo/Várzea Medicine 3012, escolheram jogar no esquema 3-4-3. Mengo/Várzearesolveu dar prioridade à criatividade. Com uma avançada pela defesa central, Arthur Vilhena faz um gol fácil para os visitantes aos 3 minutos deixando o placar em 0 a 1.Aos 4 minutos, Víctor Guerrero do(a) Coyhaique se jogou escandalosamente na entrada da área, mas o juiz não engoliu e ainda por cima deu um amarelo pelo teatro. Num bom contra-ataque pelo meio aos 28 minutos, um passe direto da defesa para o ataque deixou o(a) Coyhaique na cara do gol, mas o chute saiu por cima. E 0 a 1 é o resultado quando alcançamos o intervalo do jogo. Os jogadores rumam para os vestiários e enfrentam agora o assédio dos repórteres. Parece que o esquema “tic-tac” do técnico do(a) Coyhaique funcionou muito bem, já que eles dominaram o meio de campo com 52% da posse de bola ao final desses 45 minutos.

O jogador do(a) CoyhaiqueJad Aoun quase faz em uma bola cruzada da direita aos 47 minutos, mas a bola foi pra fora por pouco. Alguns torcedores chegaram até a gritar gol. 50 minutos: Arthur Vilhena cobrou com perfeição o córner e aí não tem conversa. Kenneth Davidsen, lembrando o grande Jardel, subiu mais alto que todo mundo e mandou a redonda pro fundo do gol. 0 a 2. Termina o jogo e o placar mostra 0 a 2. “Quem tem que correr é a bola e não vocês”, costuma dizer o técnico do(a) Coyhaique. Seus jogadores seguiram bem os seus ensinamentos e chegaram ao fim deste tempo com 55% da posse de bola.

Faisal Binali, do(a) Coyhaique, com as pinceladas de Michelangelo nos pés, pintou uma bonita obra de arte no campo com um futebol exuberante, por outro lado, o que aconteceu com Ruperto Carrillo? Parece que desaprendeu a jogar bola! Pelo(a) Mengo/VárzeaArthur Vilhena fica com o prêmio Trivelão, dado para o melhor jogador da partida, já Aldo Angelo Giuradei foi recebido com uma chuva de pipocas pela torcida. Que apresentação medíocre! 

Detalhes de desempenho

Meio-campo fenomenal (baixo) formidável (mt. baixo)
Defesa direita sobrenatural (alto) brilhante (baixo)
Defesa central titânica (baixo) brilhante (baixo)
Defesa esquerda titânica (mt. baixo) brilhante (baixo)
Ataque direito boa (alto) razoável (mt. baixo)
Ataque central razoável (mt. baixo) sobrenatural (mt. baixo)
Ataque esquerdo excelente (baixo) boa (baixo)
Tiro livre indireto
Defesa excelente (mt. alto) brilhante (mt. baixo)
Ataque inadequada (mt. alto) brilhante (baixo)
Orientação
Tática Normal Jogar com criatividade
Nível (nenhuma tática)
Estilo de jogo neutro neutro

Destaques

0 – 1 Arthur Vilhena 3′
0 – 2 Kenneth Davidsen 50′
1 cartão amarelo Víctor Guerrero 4′

Posse de Bola

52%
48%
55%
45%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
6 4
2 Ataque esquerdo 0
3 Ataque central 2
1 Ataque direito 1
0 Outro 0
0 Eventos especiais 1
Server 094

About mengomengo