Jogo de Torneio #39 – MVC

Nono jogo do Mengo Várzea Chesterton na SWT, temporada 9. Após série de 6 jogos sem resultados positivos (3 derrotas seguidas e depois 3 empates), o time reencontra o caminho das vitórias! Goleada de 3-0 contra equipe da região de Calarasi (Romênia), que joga a V Divisão do HT Internacional.

 

Turtles 0 – 3 Chesterton

, enquanto uma constelação de craques vai entrando em campo sob os aplausos frenéticos da torcida! E lá vêm eles: ReuverMcGee, Barb, Verhaag, IrwinRemédios, Færgemann, Michael, van DorpManríquez.

, e os jogadores vão saindo do vestiário: JoraAntonov, Koskinen, MarinovDouglas, Berraja, Uverskiy, Hötte, Cunha SilvaPicanço, Höfler.

Os time escolheram formações diferentes para começar a partida. Os donos da casa, Turtles, optaram pelo 4-4-1, enquanto os visitantes, Mengo Várzea Chesterton, decidiram jogar com um 3-5-2. Aos 15 minutos o(a) Chesterton por pouco não passa a frente no placar quando Walter Höfler se infiltrou pela direita, porém Rogier Reuver, mostrando grande agilidade e flexibilidade, fez uma bela defesa. Aos 26 minutos, Eliel Picanço do(a) Chesterton se jogou escandalosamente na entrada da área, mas o juiz não engoliu e ainda por cima deu um amarelo pelo teatro. O nó tático prometido pelo técnico do(a) Turtles não está dando certo e os jogadores estão muito confusos em campo. Com isso a organização caiu para ruim. Adib Berraja recebeu um ótimo passe pelo alto, matou no peito e meteu no canto direito de Rogier Reuver, que contou com o golpe de vista para que a bola não entrasse (35 minutos). Aos 37 minutos, Folke Michael do(a) Turtles chegou atrasado em uma dividida, inevitavelmente cometendo uma falta dura. O juiz considerou a falta intencional e ‘amarelou’ o jogador! O árbitro pediu a bola, apontou para o centro do campo e disse que não há tempo para mais nada. Placar parcial: 0 a 0. Parece que o esquema “tic-tac” do técnico do(a) Chesterton funcionou muito bem, já que eles dominaram o meio de campo com 63% da posse de bola ao final desses 45 minutos.

A informação que nos chega dos vestiários é que o técnico do(a) Turtles repassou as táticas, tentando melhorar alguns problemas vistos na partida. Isso deve levar a organização de volta pra razoável. Centímetros. Foi o que separou o(a) Chesterton de tomar a vantagem no confronto, num ataque pela esquerda. A bola disparada por Dmitry Uverskiy aos 52 minutos passou rente à trave esquerda, dando um susto no goleiro Rogier Reuver. Os jogadores do(a) Turtles estavam confusos com a nova tática adotada pelo técnico. Até que eles consigam se entrosar, provavelmente darão muitas cabeçadas. Isso fez com que a organização caísse pra inadequada. Com 60 minutos, Turtles quis renovar a energia de seu time na partida. Bertrand van Dorpdeu um abraço em Xuacu Iturrista ao deixar o campo. Quando a partida chegava aos 60 minutos, o técnico do(a) Turtles decidiu que era hora de fazer uma substituição. Rogier Reuver, de cara amarrada, deu lugar a Moreno Fracassetti. 68 minutos: Alexander Antonov do(a) Chesterton deu a vantagem aos visitantes depois de uma seqüência de jogadas pelo meio. Placar: 0 a 1. Um passe da direita acabou tendo seu melhor final nos pés de Adib Berraja, que não se fez de rogado e mandou a bola pro gol aos 82 minutos, aumentando a liderança para 0 a 2. É… Tem jogador batendo cabeça no posicionamento… Será que essa é realmente a melhor formação para o(a) Turtles? A organização está caindo pra péssima. Pênalti para o(a) Chesterton aos 88 minutos facilmente convertido por Dmitry Uverskiy deixando o placar em 0 a 3. O juiz deu mais 1 minuto de acréscimo, dando aos torcedores a esperança de pelo menos mais um ataque de seu time antes do apito final. Fim de jogo! O resultado ficou em 0 a 3. Será que a equipe Chesterton é treinada pelo Pep Guardiola? O fato é que eles dominaram estes últimos minutos com 67% de posse de bola.

Dribles desconcertantes! Passes precisos! Calma e parcimônia em cada jogada. Harry Irwin, do(a) Turtles, jogou muito essa noite, Guilherme Manuel Remédios não teve perdão da torcida depois de pisar na bola, tropeçar sozinho e tocar a bola insistentemente para o juiz. Dmitry Uverskiy, do(a) Chesterton deu um show à parte, desconcertando a todos com seu jogo de encher os olhos, por outro lado, o que aconteceu com Alexander Antonov? Parece que desaprendeu a jogar bola!

Detalhes de desempenho

Meio-campo ruim (mt. alto) razoável (baixo)
Defesa direita formidável (alto) boa (mt. alto)
Defesa central brilhante (mt. baixo) boa (baixo)
Defesa esquerda excelente (mt. baixo) excelente (alto)
Ataque direito ruim (mt. alto) formidável (mt. alto)
Ataque central ruim (baixo) razoável (baixo)
Ataque esquerdo ruim (baixo) boa (mt. alto)
Tiro livre indireto
Defesa razoável (mt. alto) inadequada (alto)
Ataque fraca (alto) inadequada (baixo)
Orientação
Tática Normal Normal
Nível (nenhuma tática) (nenhuma tática)
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

0 – 1 Alexander Antonov 68′
0 – 2 Adib Berraja 82′
0 – 3 Dmitry Uverskiy 88′
1 cartão amarelo Eliel Picanço 26′
1 cartão amarelo Folke Michael 37′
Substituição Sai  Bertrand van Dorp
Entra  Xuacu Iturrista
60′
Substituição Sai  Rogier Reuver
Entra  Moreno Fracassetti
60′

Posse de Bola

37%
63%
33%
67%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
3 7
0 Ataque esquerdo 2
1 Ataque central 2
2 Ataque direito 2
0 Outro 1
0 Eventos especiais 0

Estatísticas exclusivas

About mengomengo