Jogo de Torneio #70 – MVC

Décimo e último jogo do MVC na Taça Heróis de 2017, temporada 3. Em mais um jogo equilibrado e emocionante, o time saiu perdendo por 0-2 mas se despediu da competição com uma vitória de 3-2 contra adversário da VII Divisão da Itália.

 

Ao todo foi uma campanha respeitável, com 22pt, sendo 7 vitórias, 1 empate e 2 derrotas, 40 gols marcados e 29 gols sofridos. Ficou em #230 dentre os 5612 participantes.

 

Locoss 2 – 3 Chesterton

The weather was pretty good at the stadium today for the match. , e a lista dos titulares é: BastardChâtenet, Mohamed, RabaiMarkowicz, Ries, Houguet, Riboldi, BaroSoyutürk, Blau.

, confira comigo a escalação: JoraMarinov, RojasCunha Silva, Korkala, Uverskiy, Taliani, BerrajaAires, Tapia, Petrović.

Hoje será um dia de disputa entre filosofias futebolísticas distintas, já que o time da casa decidiu começar o jogo com um 3-5-2 enquanto os visitantes escolheram o 2-5-3. Chesterton viu nas laterais a melhor estratégia para tentar marcar gols. Sua tática de ataques laterais nível mítica era acionada a todo momento. No 14º minuto foi cobrada uma falta aparentemente inofensiva. Mas o lance foi muito bem executado por Thorsten Blau e a bola beijou a trave com eloqüência! A torcida do(a) Locoss leva as mãos à cabeça. O gol que deu a liderança do jogo à equipe do(a) Locoss aos 17 minutos foi marcado por Thorsten Blau, após uma infiltração na grande área: 1 a 0.20 minutos: Trabalhando a jogada de fundo, Hieronim Markowicz cruzou para Michael Ries finalizar sem chances para o goleiro. Um belo gol para o(a) Locoss que faz o placar mudar para 2 a 0. Aos 21 minutos, Thierry Rojas correu incrivelmente pelo meio da intermediária adversária e chegou perto de diminuir a liderança do time da casa, mas Romain Bastard não se entregou facilmente e não deixou a bola passar por ele. Mario Taliani reduz para o(a) Chesterton fazendo 2 a 1 após um ataque oportunista pela direita, aos 29 minutos. Tauro Tapia invade a área pelo meio, limpa o lance colocando a bola no seu pé bom, chuta forte, a bola vai entrando… defendeeeeu Romain Bastard. Não foi desta vez (30 minutos). O árbitro pediu a bola, apontou para o centro do campo e disse que não há tempo para mais nada. Placar parcial: 2 a 1. Meios de campo iguais, posse de bola igual. A bola ficou igualmente dividida entre os dois times.

O ataque pelo lado direito aos 49 minutos do(a) Chesterton parecia perigoso, mas Romain Bastard fez uma boa defesa, mostrando que está atento. Zeferino Cunha Silva calou o estádio depois de aparecer pela esquerda, se livrar do zagueiro e acabar empatando em 2 a 2 aos 52 minutos. O susto para a equipe da casa foi grande quando o(a) Chesterton levou grande perigo aos 61 minutos, numa bola aparentemente inofensiva chutada por Petar Petrović, mas um buraco na pequena área acabou desviando a bola, e o goleiro Romain Bastard teve que se entortar todo pra agarrar. Coitados dos torcedores do time da casa. Pagaram para ver Mario Talianiatacar pela direita, invadir e marcar um dos gols mais bonitos já pintados nos gramados. 66 minutos, e os visitantes estão na frente, 2 a 3. Protestos de toda torcida quando o juiz mostrou apenas um amarelo a Adib Berraja do(a) Chesterton, após cometer uma falta por trás aos 67 minutos. Muitos achavam que o jogador deveria ter sido expulso. É… Tem jogador batendo cabeça no posicionamento… Será que essa é realmente a melhor formação para o(a) Locoss? A organização está caindo pra inadequada. O jogo teve algumas faltas e paradas para atendimentos aos jogadores, então o juiz dará 1 minuto além do tempo regulamentar. Justo.Visivelmente nervosos, alguns jogadores do(a) Chesterton trocavam olhares como se procurassem alguém para acalmá-los. Fim de jogo! O resultado ficou em 2 a 3.Chesterton demonstrou melhor intimidade com a bola e a manteve nos pés por 52% durante o final deste tempo.

Jérôme Houguet, do(a) Locoss, com as pinceladas de Michelangelo nos pés, pintou uma bonita obra de arte no campo com um futebol exuberante, Romain Bastardnão teve perdão da torcida depois de pisar na bola, tropeçar sozinho e tocar a bola insistentemente para o juiz. Pelo(a) Chesterton, Mario Taliani fica com o prêmio Trivelão, dado para o melhor jogador da partida, parecendo ter sugado todo o talento do Marius Jora que nada fez no jogo.

Detalhes de desempenho

Meio-campo razoável (mt. alto) razoável (mt. alto)
Defesa direita boa (alto) razoável (alto)
Defesa central excelente (baixo) fraca (mt. alto)
Defesa esquerda excelente (baixo) boa (mt. baixo)
Ataque direito formidável (mt. baixo) sobrenatural (mt. baixo)
Ataque central boa (baixo) boa (alto)
Ataque esquerdo boa (alto) brilhante (baixo)
Tiro livre indireto
Defesa excelente (baixo) razoável (mt. alto)
Ataque razoável (alto) razoável (baixo)
Orientação
Tática Normal Ataque pelas laterais
Nível (nenhuma tática) mítica
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Thorsten Blau 17′
2 – 0 Michael Ries 20′
2 – 1 Mario Taliani 29′
2 – 2 Zeferino Cunha Silva 52′
2 – 3 Mario Taliani 66′
1 cartão amarelo Adib Berraja 67′

Posse de Bola

50%
50%
48%
52%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
3 7
0 Ataque esquerdo 1
1 Ataque central 3
0 Ataque direito 3
1 Outro 0
1 Eventos especiais 0

Estatísticas exclusivas

 

About mengomengo