Jogo de Torneio #268 – SWT

Terceiro jogo na SWT, temporada 12. Dura derrota de 2-6 contra time da VI Divisão da Itália.

 

Clouds darkened the skies at the stadium today. , e a lista dos titulares é: CoenegrachtKervinen, MüderrisOjaniemi, Witcher, Kiszi, Zima, RandallAmorim, Miranda.

. A torcida vai falando o nome de cada um dos jogadores: PătraşcuErlendsson, GálMarsico, Ćwik, Mudersbach, Samúelsson, BurdisBen Shahar, Ćorluka, Martinho.

Mengo/Várzea Medicine 3012 está escalado na formação 2-5-2. Já no caso do(a) Atletico Settimo F.C., a formação escolhida foi o 2-5-3. Mengo/Várzea resolveu dar prioridade à criatividade. 5 minutos: Arnaldur Erlendsson do(a) Atletico deu a vantagem aos visitantes depois de uma sequência de jogadas pelo meio. Placar: 0 a 1.Aos 12 minutos, Şahin Müderris do(a) Mengo/Várzea, carregou a bola por toda a entrada da grande área. Quando conseguiu ângulo, bateu bem na bola e conseguiu empatar o jogo! A torcida delira e volta a sambar nas arquibancadas! 1 a 1. O(a) Mengo/Várzea criou uma boa oportunidade para marcar no 16º minuto de jogo quando Şahin Müderris chutou colocado da esquerda, mas o goleiro conseguiu desviar. Ai! Essa doeu até em mim. Cartão amarelo para Şahin Müderris no 21º minuto, justíssimo. Antti Ojaniemi do(a) Mengo/Várzea teve inicialmente um bom momento na lateral, mas a marcação chegou e ele mudou os planos lançando Derrick Witcher, que de algum jeito conseguiu se enrolar todo com a bola, a deixando ir pra longe. Após 30 minutos a equipe visitante colocou-se na frente do marcador em 1 a 2 quando Wojciech Ćwik, vindo da esquerda, finalizou com um potente chute cruzado. Aproveitando o espaço no lado esquerdo do ataque, Danijel Ćorluka alargou o placar para 1 a 3 aos 32 minutos.Paolo Marsico era soberano na sua lateral, e fazendo um cruzamento perfeito aos 33 minutos, deixou Gil Li Ben Shahar em ótimas condições para fazer o gol, mas a bola foi para longe. A defesa não estava preparada para a jogada ensaiada do(a) Atletico. Depois da falta na intermediária, a bola foi virada de um lado para outro, até que Paolo Marsico apareceu livre para conferir: 1 – 4 aos 43 minutos de jogo. Defeeeende Cristian Pătraşcu!! Depois de um chute a queima-roupa de Antti Ojaniemi aos 43 minutos, o goleirão faz milagre no jogo. O árbitro da partida soprou o instrumento e pediu a bola sem dar os acréscimos devido a uma forte dor de barriga. 1 a 4 era o placar ao soar o apito do juiz para o intervalo. No derradeiro minuto, Mengo/Várzea se sobressaiu contra seu adversário dominando o meio com 51% da posse de bola!

Um drible fantástico no meio aos 73 minutos, tirando dois marcadores do lance de uma só vez foi o ponto de partida deste gol. A torcida da casa vibrou quando Derrick Witcher invadiu a área e chutou, reduzindo para 2 a 4. Frans Mudersbach do(a) Atleticorecebeu um cartão amarelo aos 74 minutos por ficar colocando o pé na frente da bola, impedindo a cobrança de falta do time adversário. O jogador fazendo cara de vítima é vaiado sem dó pela torcida adversária. Alguns torcedores do time da casa deixam o estádio quando, aos 77 minutos, Danijel Ćorluka se infiltra pela direita e bate forte, sem chance para o goleirão, aumentando a vantagem do(a) Atletico para 2 a 5.Wojciech Ćwik quase aumentou a liderança dos visitantes com um belo chute de fora da área aos 80 minutos, mas Raymon Coenegracht agilmente afastou o perigo, chutando de qualquer maneira. Aos 81 minutos, o juiz já estava no limite de sua paciência, quando Micah Randall deu outra entrada com mais força que o necessário e por isso o esperado cartão amarelo foi mostrado para o representante do(a) Mengo/Várzea. Aos 84 minutos, Apolinário Martinho aproveitou o espaço no lado direito da defesa para aumentar a vantagem do(a) Atletico para 2 a 6. O jogo teve algumas faltas e paradas para atendimentos aos jogadores, então o juiz dará 2 minutos além do tempo regulamentar. Justo. Bravo! As luzes se apagam e mais um espetáculo da bola chega ao fim. O público presente nas cadeiras aplaude o placar, que mostra 2 a 6.“Quem tem que correr é a bola e não vocês”, costuma dizer o técnico do(a) Atletico. Seus jogadores seguiram bem os seus ensinamentos e chegaram ao fim deste tempo com 52% da posse de bola.

Minhas retinas fatigadas vão guardar a imagem do Derrick Witcher armando suas jogadas, se destacando no meio do escrete do(a) Mengo/Várzea, enquanto que o Micah Randall leva o prêmio Botinha Anatômica pela sua atuação ridícula em campo. Dribles desconcertantes! Passes precisos! Calma e parcimônia em cada jogada. Apolinário Martinho, do(a) Atletico, jogou muito essa noite, parecendo ter sugado todo o talento do Paolo Marsico que nada fez no jogo.

Detalhes de desempenho

Meio-campo formidável (baixo) formidável (alto)
Defesa direita excelente (mt. alto) excelente (mt. alto)
Defesa central boa (alto) brilhante (baixo)
Defesa esquerda fenomenal (mt. baixo) fenomenal (alto)
Ataque direito inadequada (alto) boa (mt. alto)
Ataque central formidável (mt. alto) magnífica (alto)
Ataque esquerdo inadequada (baixo) formidável (mt. baixo)
Tiro livre indireto
Defesa formidável (baixo) boa (alto)
Ataque formidável (mt. baixo) excelente (mt. baixo)
Orientação
Tática Jogar com criatividade Normal
Nível titânica (nenhuma tática)
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

0 – 1 Arnaldur Erlendsson 5′
1 – 1 Şahin Müderris 12′
1 – 2 Wojciech Ćwik 30′
1 – 3 Danijel Ćorluka 32′
1 – 4 Paolo Marsico 43′
2 – 4 Derrick Witcher 73′
2 – 5 Danijel Ćorluka 77′
2 – 6 Apolinário Martinho 84′
Şahin Müderris 21′
Frans Mudersbach 74′
Micah Randall 81′

Posse de Bola

51%
49%
48%
52%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
8 9
1 Ataque esquerdo 3
4 Ataque central 2
2 Ataque direito 2
0 Outro 1
1 Eventos especiais 1

Estatísticas exclusivas

 

About mengomengo