Jogo de Torneio #273 – SWT

Nono jogo na SWT, temporada 12. Derrota 1-3 para time da VI Divisão da Holanda.

 

A multidão que compareceu ao estádio hoje foi recebida com muita chuva. Enquanto o campo encharcado é uma vantagem para os jogadores com maior força física, o estado do gramado não é favorável para os atletas que tem como principal característica a técnica ou a velocidade. , e a lista dos titulares é: BarajaLosada, MarxerCortés, Toonder, Staszak, Lof, RönngårdRaimondo, Byberg, Hougardy.

, e os jogadores vão saindo do vestiário: CoenegrachtKervinen, MüderrisWitcher, Kiszi, Zima, RandallAmorim, Miranda.

FC Heteren I está escalado na formação 2-5-3. Já no caso do(a) Mengo/Várzea Medicine 3012, a formação escolhida foi o 2-4-2. Mengo/Várzea decidiu usar toda a sua criatividade em campo, utilizando todos os recursos que tinha à mão. László Kisziquase parecia dançar em volta de Lorenzo Losada, pois seus movimentos eram tão rápidos e habilidosos, ele sabia que se tentasse dar um chapéu perderia a bola, pois o adversário sabe usar a cabeça. Infelizmente para o(a) Mengo/Várzea, o seu toque final não terminou no fundo das redes e foi pela linha de fundo. O relógio marcava 11 minutos de jogo quando Antonio Byberg mostrou sua famosa velocidade, deixando o marcador pra trás e dando um passe perfeito para Valter Rönngård marcar um gol para o(a) Heteren. O placar muda para 1 a 0. Heteren por muito pouco não fez um gol aos 17 minutos quando Janusz Staszak chutou a bola na rede, mas pelo lado de fora, depois de avançar sozinho pela esquerda. O time da casa domina a partida. O ataque do(a) Heteren atropela a defesa central dos visitantes, resultando num gol tranquilo de Félix Cortés, ampliando para 2 a 0 aos 18 minutos. Antonio Byberg fazia o que bem entendia no lado esquerdo do gramado e quase fez um gol para o(a) Heteren, mas os zagueiros do time visitante resolveram trabalhar e conseguiram travá-lo na hora do chute. O árbitro pediu a bola, apontou para o centro do campo e disse que não há tempo para mais nada. Placar parcial: 2 a 0. “Quem tem que correr é a bola e não vocês”, costuma dizer o técnico do(a) Heteren. Seus jogadores seguiram bem os seus ensinamentos e chegaram ao fim deste tempo com 52% da posse de bola.

As coisas pioraram para os visitantes. Antonio Byberg escapou pelo meio da zaga adversária aos 50 minutos, alcançando a vantagem de 3 a 0. Ele beijou o emblema exibido em seu peito e foi comemorar junto da torcida. Depois do cruzamento resultante da cobrança de escanteio de Şahin Müderris na pequena área aos 63 minutos, a bola foi na direção de Sämi Zima que teve apenas que escorar de cabeça, praticamente um tiro à queima-roupa, deixando 3 a 1. As ordens do técnico do(a) Mengo/Várzea não foram bem entendidas pelos jogadores, que se mostraram confusos em campo. Com isso o nível de organização caiu para ruim. Quando a placa indicando 1 minuto extra foi levantada, pude ouvir um dos técnicos reclamando: “Pelo amor de Deus, né, juizão? Quer dar acréscimo ou mais um tempo de jogo?” Mal e mal, o(a) Heteren se segurava como podia no final do jogo, com cada jogador sentindo toda a pressão do estádio sobre seus ombros. Era possível inclusive ver um dos jogadores chorando baixinho por sua mãe. Apita o árbitro, fim da partida! O resultado final é 3 a 1. Heteren demonstrou melhor intimidade com a bola e a manteve nos pés por 56% durante o final deste tempo.

Diego Baraja, do(a) Heteren, com as pinceladas de Michelangelo nos pés, pintou uma bonita obra de arte no campo com um futebol exuberante, Janusz Staszak foi recebido com uma chuva de pipocas pela torcida. Que apresentação medíocre! Dribles desconcertantes! Passes precisos! Calma e parcimônia em cada jogada. Derrick Witcher, do(a) Mengo/Várzea, jogou muito essa noite, por outro lado, o que aconteceu com Micah Randall? Parece que desaprendeu a jogar bola!

Detalhes de desempenho

Meio-campo formidável (baixo) boa (mt. alto)
Defesa direita formidável (baixo) excelente (mt. baixo)
Defesa central sobrenatural (mt. alto) boa (mt. baixo)
Defesa esquerda brilhante (baixo) formidável (alto)
Ataque direito boa (mt. alto) fraca (baixo)
Ataque central fenomenal (mt. alto) formidável (mt. baixo)
Ataque esquerdo boa (alto) inadequada (mt. baixo)
Tiro livre indireto
Defesa boa (mt. alto) excelente (mt. alto)
Ataque razoável (alto) excelente (baixo)
Orientação
Tática Normal Jogar com criatividade
Nível (nenhuma tática) genial
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Valter Rönngård 11′
2 – 0 Félix Cortés 18′
3 – 0 Antonio Byberg 50′
3 – 1 Sämi Zima 63′

Posse de Bola

52%
48%
56%
44%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
6 6
3 Ataque esquerdo 0
2 Ataque central 0
0 Ataque direito 4
0 Outro 0
1 Eventos especiais 2

Estatísticas exclusivas

 

About mengomengo