About Author: mengomengo

Posts by mengomengo

0

Jogo de Torneio #60 – MVC

Décimo e último jogo do Mengo Várzea Chesterton na tradicional Supporter Week Trophy, temporada 10. Numa campanha marcada por duras derrotas, o time se despede com derrota de 1-5 frente a adversário da V Divisão da Polônia.

 

Assim o time encerrou a participação em #10851 dentre 12474 participantes, com 9 pontos, sendo 3 vitórias e 7 derrotas, 33 gols marcados e 44 gols sofridos.

 

KSP 5 – 1 Chesterton

The fans braved the pouring rain at the stadium today. The wet pitch made it difficult for technical or quick players to stand out. For once, the players relying on physical strength gained the upper hand. , confira comigo a escalação: El-SafadiLopez, Pichon, Bârcă, BarraToldo, Schretzmeier, Macho, Rippe, PontaOran.

. A torcida vai falando o nome de cada um dos jogadores: JoraMarinov, ŠtrafėlasCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

KS Paryż começou o jogo num 4-5-1, enquanto o(a) Mengo Várzea Chesterton entrou em campo num 2-5-3. Pedro Tomás Berrocal do(a) Chesterton com um chute fortíssimo da entrada da área aos 8 minutos já comemorava, mas Abdoh El-Safadi se recuperou rapidamente e impediu o gol. Aos 9 minutos a torcida gritava freneticamente o nome de Jean-Jacques Pichon! Placas de “EU JÁ SABIA” eram erguidas após a brecha que ele encontrou na defesa central adversária, matando a jogada e fazendo 1 a 0 para o(a) KSP! O time da casa domina a partida. O ataque do(a) KSP atropela a defesa central dos visitantes, resultando num gol tranquilo de Maayan Oran, ampliando para 2 a 0 aos 20 minutos. O árbitro pediu a bola, apontou para o centro do campo e disse que não há tempo para mais nada. Placar parcial: 2 a 0. KSP demonstrou melhor intimidade com a bola e a manteve nos pés por 55% durante o final deste tempo.

KSP fazia um bom trabalho pela direita aos 54 minutos, mas Chris Rippe acabou vendo seu chute passar longe, por cima do gol. Dinis Macho reclamou tanto da marcação do juiz que, aos 60 minutos, tomou um merecido amarelo. Uma bola bem trabalhada pela esquerda, aos 62 minutos, acabou aumentando a vantagem para o(a) KSP quando Tullio Ponta finalizou chutando quase sem ângulo para o gol e acertando o travessão pelo lado de dentro, deixando o placar em 3 a 0. O(a) KSPaumentou a vantagem para 4 a 0! Depois de um cruzamento da esquerda, Jean-Jacques Pichon, isolado, não teve dificuldades contra o goleiro adversário (79 minutos). Atacando pela direita e passando por todos os adversários, Dinis Machoaumenta para o(a) KSP, deixando o jogo em 5 a 0 aos 83 minutos. Zeferino Cunha Silva fez grande jogada pela linha de fundo, mas teve que cruzar de qualquer jeito para não ser tiro de meta, a bola veio à meia altura, mas para Adib Berraja basta que ela esteja fora do chão que ele dá um jeito de cabecear. Num belo peixinho, ele deixa o placar em 5 a 1 após esse gol para o(a) Chesterton. O jogo teve algumas faltas e paradas para atendimentos aos jogadores, então o juiz dará 1 minuto além do tempo regulamentar. Justo. Fim de papo! E a PM cerca o trio de arbitragem. Pura marra do árbitro que pediu policiamento, pois ninguém reclama do 5 a 1. No derradeiro minuto, KSP se sobressaiu contra seu adversário dominando o meio com 57% da posse de bola!

Maayan Oran, do(a) KSP, com as pinceladas de Michelangelo nos pés, pintou uma bonita obra de arte no campo com um futebol exuberante, parecendo ter sugado todo o talento do Abdoh El-Safadi que nada fez no jogo. Jami Koskinen, do(a) Chestertondeu um show à parte, desconcertando a todos com seu jogo de encher os olhos,enquanto que o Tomas Štrafėlas leva o prêmio Botinha Anatômica pela sua atuação ridícula em campo.

Detalhes de desempenho

Meio-campo excelente (baixo) razoável (alto)
Defesa direita fenomenal (mt. alto) razoável (mt. alto)
Defesa central genial (mt. alto) razoável (mt. baixo)
Defesa esquerda fenomenal (alto) boa (mt. baixo)
Ataque direito formidável (mt. baixo) fenomenal (mt. alto)
Ataque central razoável (mt. alto) boa (baixo)
Ataque esquerdo formidável (alto) excelente (mt. alto)
Tiro livre indireto
Defesa excelente (alto) razoável (alto)
Ataque razoável (baixo) inadequada (mt. alto)
Orientação
Tática Normal Normal
Nível (nenhuma tática) (nenhuma tática)
Estilo de jogo 100% ofensivo neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Jean-Jacques Pichon 9′
2 – 0 Maayan Oran 20′
3 – 0 Tullio Ponta 62′
4 – 0 Jean-Jacques Pichon 79′
5 – 0 Dinis Macho 83′
5 – 1 Adib Berraja 84′
1 cartão amarelo Dinis Macho 60′

Posse de Bola

55%
45%
57%
43%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
6 3
2 Ataque esquerdo 0
2 Ataque central 1
2 Ataque direito 1
0 Outro 0
0 Eventos especiais 1

Estatísticas exclusivas

0

Jogo de Torneio #59 – MVC

Nono e penúltimo jogo do Mengo Várzea Chesterton na tradicional SWT, temporada 10. Após 4 reveses consecutivos, o time reagiu e conseguiu sua terceira vitória na competição, mas de forme sofrida: após levar 2 gols no início o jogo, a equipe capixaba que joga a V divisão do HTI embalou e fez 4-2 contra adversário que joga a VI Divisão da Suíça.

 

Chesterton 4 – 2 Spurs

We had overcast weather free of rain at the stadium today. , e a lista dos titulares é: JoraMarinov, ŠtrafėlasCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

, e os jogadores vão saindo do vestiário: MelchiorrePulvermacher, Paulík, GiebelsGiribaldi, Beardsley, Hodd, Aldenhoven, EldrichMusella, Bonnefon.

Hoje será um dia de disputa entre filosofias futebolísticas distintas, já que o time da casa decidiu começar o jogo com um 2-5-3 enquanto os visitantes escolheram o 3-5-2. Com uma avançada pela defesa central, Pompeo Giribaldi faz um gol fácil para os visitantes aos 7 minutos deixando o placar em 0 a 1. No 12° minuto, Cédric Bonnefondo(a) Spurs avançou pelo meio da zaga e disparou uma verdadeira bomba, marcando o gol. O resultado agora é 0 a 2. Com 29 minutos de jogo a equipe do(a) Chestertontabelou pela esquerda e deixou Mark Hötte em plenas condições de marcar. Ele não perdoou e chutou para fazer 1 a 2. Mark Hötte ofereceu este belo gol para seu velho pai. Mark Hötte quase parecia dançar em volta de Quincy Aldenhoven, pois seus movimentos eram tão rápidos e habilidosos, ele sabia que se tentasse dar um chapéu perderia a bola, pois o adversário sabe usar a cabeça. Infelizmente para o(a) Chesterton, o seu toque final não terminou no fundo das redes e foi pela linha de fundo. A torcida vibrava em delírio enquanto Leon Veirman finalizava uma seqüência de jogadas espetaculares pelo meio que igualou as coisas para o(a) Chesterton aos 33 minutos. Agora o jogo está empatado em 2 a 2. Joop Giebels do(a) Spurs mostrou sua já conhecida habilidade de fazer jogadas inesperadas com um passe imprevisível aos 37 minutos. Infelizmente, Paul Eldrich também foi surpreendido e não conseguiu finalizar bem. No 39º minuto uma jogada infeliz do time da casa deu aos visitantes a chance de se isolarem no placar, mas Radoslav Paulík, encontrando-se somente com o goleiro pela frente, não conseguiu tirar proveito da situação. Ai! Essa doeu até em mim. Cartão amarelo para Leon Veirman no 40º minuto, justíssimo. 42 minutos: depois de um belo drible no lateral esquerdo, Mark Hötte tirou a bola do goleiro com um chute muito bem colocado para dar a vantagem para seu time, mas a bola pegou muito efeito e passou à direita do gol. O árbitro pediu a bola, apontou para o centro do campo e disse que não há tempo para mais nada. Placar parcial: 2 a 2. Qualquer palpite sobre este jogo seria precipitado, os times tiveram um empate na batalha do meio de campo.

A impulsão do Paul Eldrich é impressionante. Não estivesse tão bem marcado, o gol era certo nessa cobrança de escanteio aos 49 minutos. A torcida local respirou aliviada quando Cédric Bonnefon não conseguiu dar a liderança aos visitantes depois de seu avanço pela esquerda aos 61 minutos. Uma jogada pelo flanco esquerdo do(a) Chesterton ajudou a equipe a ficar na frente no marcador por 3 a 2, gol marcado por Jami Koskinen aos 68 minutos. Atacando pela direita e passando por todos os adversários, Pedro Tomás Berrocal aumenta para o(a) Chesterton, deixando o jogo em 4 a 2 aos 72 minutos. O juiz deu mais 2 minutos de acréscimo, dando aos torcedores a esperança de pelo menos mais um ataque de seu time antes do apito final. Bravo! As luzes se apagam e mais um espetáculo da bola chega ao fim. O público presente nas cadeiras aplaude o placar, que mostra 4 a 2. No derradeiro minuto, Chesterton se sobressaiu contra seu adversário dominando o meio com 53% da posse de bola!

Minhas retinas fatigadas vão guardar a imagem do Jami Koskinen armando suas jogadas, se destacando no meio do escrete do(a) Chesterton, Tomas Štrafėlas não teve perdão da torcida depois de pisar na bola, tropeçar sozinho e tocar a bola insistentemente para o juiz. Dribles desconcertantes! Passes precisos! Calma e parcimônia em cada jogada. Alessio Musella, do(a) Spurs, jogou muito essa noite, Pompeo Giribaldi foi recebido com uma chuva de pipocas pela torcida. Que apresentação medíocre!

Detalhes de desempenho

Meio-campo razoável (mt. alto) razoável (baixo)
Defesa direita boa (mt. baixo) inadequada (mt. alto)
Defesa central razoável (baixo) formidável (mt. baixo)
Defesa esquerda boa (mt. baixo) formidável (baixo)
Ataque direito fenomenal (mt. alto) fraca (alto)
Ataque central boa (mt. baixo) excelente (baixo)
Ataque esquerdo excelente (alto) inadequada (baixo)
Tiro livre indireto
Defesa razoável (mt. alto) razoável (baixo)
Ataque razoável (mt. baixo) inadequada (baixo)
Orientação
Tática Normal Normal
Nível (nenhuma tática) (nenhuma tática)
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

0 – 1 Pompeo Giribaldi 7′
0 – 2 Cédric Bonnefon 12′
1 – 2 Mark Hötte 29′
2 – 2 Leon Veirman 33′
3 – 2 Jami Koskinen 68′
4 – 2 Pedro Tomás Berrocal 72′
1 cartão amarelo Leon Veirman 40′

Posse de Bola

50%
50%
53%
47%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
6 8
2 Ataque esquerdo 3
1 Ataque central 2
2 Ataque direito 1
0 Outro 0
1 Eventos especiais 2

Estatísticas exclusivas

0

Jogo de Torneio #58 – MVC

Oitavo jogo do Mengo Várzea Chesterton na SWT, temporada 10. Quarta derrota seguida, mais uma goleada, 2-5 frente a time da VI Divisão da Espanha.

 

Weather conditions were fairly good for football at the stadium today. . A torcida vai falando o nome de cada um dos jogadores: TexeiraRamírez, Bumbaru, SärkinenMajorán, Petschnik, Droste-Leiwesmeier, Niini, RoméroMordegan, Obermoser.

, enquanto uma constelação de craques vai entrando em campo sob os aplausos frenéticos da torcida! E lá vêm eles: JoraMarinov, AntonovCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

O time da casa, MiniMadrid, entrou em campo com um 3-5-2. Já os visitantes, Mengo Várzea Chesterton, escolheram jogar no esquema 2-5-3. O gol que deu a liderança do jogo à equipe do(a) MiniMadrid aos 7 minutos foi marcado por Moritz Obermoser, após uma infiltração na grande área: 1 a 0. Protestos de toda torcida quando o juiz mostrou apenas um amarelo a Jami Koskinen do(a) Chesterton, após cometer uma falta por trás aos 10 minutos. Muitos achavam que o jogador deveria ter sido expulso. Alexander Antonov reclamou tanto da marcação do juiz que, aos 14 minutos, tomou um merecido amarelo. A falta batida por Leon Veirman aos 16 minutos que daria a igualdade no placar parecia sair com perfeição, mas a bola acabou estourando na barreira, deixando um dos zagueiros no chão. Minutos depois ele voltou ao campo, recuperado. O empate dos visitantes parecia certo ao 24º minuto, depois de uma tabelinha entre dois jogadores pela esquerda, mas Víctor Texeira acabou se interpondo antes que o chute fosse disparado. O time do(a) Chesterton conseguiu, aos 25 minutos, empatar em 1 a 1, após uma falta cobrada por Leon Veirman. Ele contou com a ajuda da barreira, que desviou a bola e tirou o goleiro do lance. Quando é dado o apito final do primeiro tempo o placar indica: 1 a 1. Este intervalo é um gentil oferecimento da milagrosa caninha de Jarinu, patrocinadora oficial da Seleção Brasileira. Qualquer palpite sobre este jogo seria precipitado, os times tiveram um empate na batalha do meio de campo.

No 46º minuto, o juiz sinalizou a substituição na equipe do(a) MiniMadrid. Andrés Fabrizio Alegre entrou no lugar de Marius Bumbaru. Marius Bumbaru não cobrará mais nenhuma falta hoje, já que está saindo. Akseli Särkinen agora terá uma chance para mostrar sua habilidade nas cobranças de bola parada. Com 46 minutos, MiniMadrid quis renovar a energia de seu time na partida. Nick Droste-Leiwesmeierdeu um abraço em Alexander Deiana ao deixar o campo. A torcida do(a) MiniMadridparou de respirar quando Moritz Obermoser avançou pelo lado esquerdo. Antes de a marcação chegar, ele chutou colocado e marcou! O placar eletrônico representa uma eloquente bomba explodindo e mudando o placar para 2 a 1! MiniMadrid já sente que a vitória está perto e decidiu fazer uma substituição. Será que Felipe Rodal entrou aos 75 minutos no lugar de Víctor Texeira para segurar o resultado ou para aumentar a vantagem? “Veja o jogo e pare de filosofar, seu mala!”, gritou um torcedor insatisfeito com a narração do jogo. Após um rápido ataque pela esquerda aos 75 minutos, Franz Joseph Petschnik desmarcado completa facilmente para o gol para a felicidade da torcida do(a) MiniMadrid: 3 a 1. Já no final do jogo, faltou uma voz de comando no(a) MiniMadrid para organizar os jogadores. A falta de experiência deles fez com que se sentissem perdidos em campo. Sasha Mordegan declarou que quer se tornar um ídolo da torcida do(a) MiniMadrid, e seus esforços estão sendo reconhecidos. Tabelando pela direita, ele deixou seu marcador para trás aos 77 minutos e chutou para marcar 4 a 1, e a torcida agradece com fogos e cantoria.Jaroslav Majorán dominou completamente a sua lateral, sempre correndo muito e criando jogadas de perigo. Em mais um cruzamento, Alexander Deiana conseguiu chegar primeiro que a defesa adversária fazendo o gol e alterando o placar para 5 a 1 aos 79 minutos. O estádio inteiro gritava mostrando sua felicidade, as arquibancadas chegavam a balançar, quando de algum modo Felipe Rodal conseguiu impedir o que parecia um gol certo de Vasil Marinov para o(a) Chesterton no minuto 80, em um ataque pelo meio. Os avanços dos visitantes pela direita estavam cada vez mais perigosos, e de tanto insistir eles reduziram a diferença para 5 a 2 aos 83 minutos depois que Dmitry Uverskiy entrou na grande área e chutou com efeito no canto.Quando a placa indicando 2 minutos extras foi levantada, pude ouvir um dos técnicos reclamando: “Pelo amor de Deus, né, juizão? Quer dar acréscimo ou mais um tempo de jogo?” Fim de papo! E a PM cerca o trio de arbitragem. Pura marra do árbitro que pediu policiamento, pois ninguém reclama do 5 a 2. Será que a equipe MiniMadrid é treinada pelo Pep Guardiola? O fato é que eles dominaram estes últimos minutos com 52% de posse de bola.

Minhas retinas fatigadas vão guardar a imagem do Moritz Obermoser armando suas jogadas, se destacando no meio do escrete do(a) MiniMadrid, Alexander Deiananão teve perdão da torcida depois de pisar na bola, tropeçar sozinho e tocar a bola insistentemente para o juiz. Pelo(a) Chesterton, Jami Koskinen fica com o prêmio Trivelão, dado para o melhor jogador da partida, Alexander Antonov foi recebido com uma chuva de pipocas pela torcida. Que apresentação medíocre!

Detalhes de desempenho

Meio-campo boa (mt. baixo) razoável (mt. alto)
Defesa direita brilhante (baixo) boa (mt. baixo)
Defesa central fenomenal (alto) razoável (baixo)
Defesa esquerda brilhante (mt. alto) boa (mt. baixo)
Ataque direito razoável (baixo) brilhante (mt. baixo)
Ataque central boa (mt. alto) boa (mt. baixo)
Ataque esquerdo razoável (mt. alto) excelente (mt. alto)
Tiro livre indireto
Defesa razoável (alto) razoável (mt. alto)
Ataque razoável (mt. baixo) razoável (mt. baixo)
Orientação
Tática Normal Normal
Nível (nenhuma tática) (nenhuma tática)
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Moritz Obermoser 7′
1 – 1 Leon Veirman 25′
2 – 1 Moritz Obermoser 63′
3 – 1 Franz Joseph Petschnik 75′
4 – 1 Sasha Mordegan 77′
5 – 1 Alexander Deiana 79′
5 – 2 Dmitry Uverskiy 83′
1 cartão amarelo Jami Koskinen 10′
1 cartão amarelo Alexander Antonov 14′
Substituição Sai  Marius Bumbaru
Entra  Andrés Fabrizio Alegre
46′
Substituição Sai  Nick Droste-Leiwesmeier
Entra  Alexander Deiana
46′
Substituição Sai  Víctor Texeira
Entra  Felipe Rodal
75′

Posse de Bola

50%
50%
52%
48%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
7 6
2 Ataque esquerdo 1
2 Ataque central 2
1 Ataque direito 1
1 Outro 2
1 Eventos especiais 0

Estatísticas exclusivas

 

0

Jogo de Torneio #57 – MVC

Sétimo jogo do Mengo Várzea Chesterton na tradicional SWT, temporada 10. Em jogo maluco, nova derrota, dessa vez por 5-7 (!) frente a equipe da região de Triesenberg, no Liechtenstein, que joga a VI Divisão do HTI.

 

Fairly good weather for football at the stadium today. . A torcida vai falando o nome de cada um dos jogadores: JoraMarinov, ŠtrafėlasCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

, e os jogadores vão saindo do vestiário: RoppSanni Yibatou, Zakani, PeñaBanduch, Skrzeczyński, Kuks, Przybyciński, Khreninger-GuggenbergerUtne, Holtenerberg.

Mengo Várzea Chesterton está escalado na formação 2-5-3. Já no caso do(a) Malbuner Almkicker, a formação escolhida foi o 3-5-2. Com muita velocidade na reação, os jogadores do(a) Almkicker treinaram a semana inteira para realizar contra-ataques sobre o time adversário neste jogo, atingindo nível boa nessa tática.Depois do cruzamento resultante da cobrança de escanteio de Leon Veirman na pequena área aos 5 minutos, a bola foi na direção de Adib Berraja que teve apenas que escorar de cabeça, praticamente um tiro à queima-roupa, deixando 1 a 0. 9 minutos: o jogador do(a) Almkicker, Sirous Zakani, encontrou um buraco no centro da defesa da casa e marcou com um chute forte e colocado. 1 a 1! Ele foi comemorar dançando com animadoras de torcida, que eram do time local e o ignoraram solenemente. Pênalti claríssimo para os visitantes aos 11 minutos. Por sorte ninguém saiu machucado demais. Sirous Zakani foi designado para a cobrança e não decepcionou: 1 a 2. A torcida vibrava em delírio enquanto Tauro Tapia finalizava uma seqüência de jogadas espetaculares pelo meio que igualou as coisas para o(a) Chesterton aos 13 minutos. Agora o jogo está empatado em 2 a 2. Um balde de água fria para a torcida da casa aos 24 minutos! Eles se calaram quando o jogador do(a) Almkicker, Vyacheslav Kuks, deu a vantagem para os visitantes. 2 a 3, depois de bela jogada pela direita. Aos 25 minutos, Bogumił Przybyciński aproveitou o espaço no lado direito da defesa para aumentar a vantagem do(a) Almkicker para 2 a 4. Acerte o seu aí que eu arredondo o meu aqui. O juiz aponta o centro do campo e termina esta etapa. 2 a 4. As torcidas aproveitam o intervalo e estendem faixas pedindo PAZ nos estádios de futebol. Parece que o esquema “tic-tac” do técnico do(a) Chestertonfuncionou muito bem, já que eles dominaram o meio de campo com 55% da posse de bola ao final desses 45 minutos.

Se não fosse o ótimo posicionamento de Rico Ropp no gol aos 53 minutos, Tauro Tapia teria feito o gol para o(a) Chesterton, num chute do bico da grande área em direção ao ângulo. Almkicker puxou um rápido contra-ataque aos 54, mas o atacante foi derrubado na entrada da área. A defesa, que esperava uma cobrança direta, foi surpreendida pelo toque curto e o lançamento para Mats Holtenerberg, que ficou livre diante do goleiro e não desperdiçou, fazendo 2 – 5. Na comemoração, ele correu para abraçar o treinador, que havia ensaiado a jogada durante a semana. 61 minutos: depois de uma série de puxões e empurrões, Mats Holtenerberg do(a) Almkickerrecebeu um cartão amarelo. 65 minutos de jogo: Vasil Marinov perdeu a corrida para o Xaver Khreninger-Guggenberger do(a) Almkicker que, num arranque espetacular, ficou livre e acertou a bola na trave oposta, que acabou entrando. 2 a 6! Dispensando a barreira, o goleiro do time visitante abriu caminho para a batida de falta de Leon Veirman aos 66 minutos. Surpreso, o jogador não conseguiu conter sua felicidade pela imprudência do goleiro e aproveitou, soltando um torpedo que entrou no ângulo. 3 a 6. Caramba! A voadora do Tomas Štrafėlas no adversário lhe valeu um vermelho direto aos 75 minutos. Os jogadores do(a) Chesterton vão ter que jogar com um a menos. Alguns torcedores do time da casa deixam o estádio quando, aos 76 minutos, Ketil Utne se infiltra pela direita e bate forte, sem chance para o goleirão, aumentando a vantagem do(a) Almkicker para 3 a 7. Jogada pela direita. Cruzamento, e lá vai ela, redonda e precisa. A bola encontra Tauro Tapia que, com oportunismo, completa e deixa o placar em 4 a 7, comemorando com um beijo na camisa e um “aviãozinho” na lateral do gramado. Almkicker trabalhava bem no lado esquerdo, criando várias oportunidades para aumentar a vantagem, mas as finalizações eram praticamente inexistentes (79 minutos). 81 minutos: Chestertonestá na briga. Escorado no zagueiro, Jami Koskinen conseguiu encontrar espaço para avançar pelo meio e tirar a bola do goleiro. A diferença diminui para 5 a 7. A partida vai chegando ao fim, o juiz já podia até acabar, mas decidiu dar mais 3 minutos de acréscimo. Termina o jogo e o placar mostra 5 a 7. Será que a equipe Chesterton é treinada pelo Pep Guardiola? O fato é que eles dominaram estes últimos minutos com 56% de posse de bola.

Jami Koskinen, do(a) Chesterton, com as pinceladas de Michelangelo nos pés, pintou uma bonita obra de arte no campo com um futebol exuberante, por outro lado, o que aconteceu com Pedro Tomás Berrocal? Parece que desaprendeu a jogar bola! Minhas retinas fatigadas vão guardar a imagem do Mats Holtenerberg armando suas jogadas, se destacando no meio do escrete do(a) Almkicker, Rico Ropp foi recebido com uma chuva de pipocas pela torcida. Que apresentação medíocre!

Detalhes de desempenho

Meio-campo razoável (mt. alto) inadequada (alto)
Defesa direita boa (mt. baixo) razoável (baixo)
Defesa central razoável (mt. baixo) razoável (baixo)
Defesa esquerda razoável (alto) inadequada (alto)
Ataque direito brilhante (mt. baixo) excelente (alto)
Ataque central boa (mt. baixo) inadequada (alto)
Ataque esquerdo excelente (alto) excelente (mt. baixo)
Tiro livre indireto
Defesa razoável (alto) razoável (mt. baixo)
Ataque inadequada (mt. alto) razoável (baixo)
Orientação
Tática Normal Contra-ataque
Nível (nenhuma tática) boa
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Adib Berraja 5′
1 – 1 Sirous Zakani 9′
1 – 2 Sirous Zakani 11′
2 – 2 Tauro Tapia 13′
2 – 3 Vyacheslav Kuks 24′
2 – 4 Bogumił Przybyciński 25′
2 – 5 Mats Holtenerberg 54′
2 – 6 Xaver Khreninger-Guggenberger 65′
3 – 6 Leon Veirman 66′
3 – 7 Ketil Utne 76′
4 – 7 Tauro Tapia 77′
5 – 7 Jami Koskinen 81′
1 cartão amarelo Mats Holtenerberg 61′
Suspenso por 1 jogo Tomas Štrafėlas 75′

Posse de Bola

55%
45%
56%
44%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
6 8
1 Ataque esquerdo 2
2 Ataque central 1
1 Ataque direito 2
1 Outro 2
1 Eventos especiais 1

Estatísticas exclusivas

 

0

Jogo de Torneio #56 – MVC

Sexto jogo do Mengo Várzea Chesterton na SWT, temporada 10. Quarta derrota, a quarta por goleada, dessa vez a pior de todas: 0-8 frente a um fortíssimo time da II Divisão da Itália.

 

Pats 8 – 0 Chesterton

It was a sunny day at the stadium today. The intense heat made it hard for players relying on strength or speed to shine. On the other hand, it provided perfect conditions for the more technical players. , e os jogadores vão saindo do vestiário:NegrettiPirol, EvtimovParo, Al-Thahri, Poppeck, Vida, ShalevŠtach, Shareef, Meuwly.

. A torcida vai falando o nome de cada um dos jogadores: JoraMarinov, ŠtrafėlasCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

Os dois times entram em campo com uma estratégia parecida, tendo escolhido a formação 2-5-3. Pats pôs em prática suas táticas criativas no campo. As pedaladas do sagaz Dmitry Uverskiy deram um bom susto em Rumen Evtimov, que às vezes esquece que futebol é bola no pé e só mostra ser bom nas cabeçadas. Sorte dele que o goleirão não foi enganado e defendeu o chute colocado rente ao poste esquerdo. A torcida do(a) Pats parou de respirar quando Petr Štach avançou pelo lado esquerdo. Antes de a marcação chegar, ele chutou colocado e marcou! O placar eletrônico representa uma eloquente bomba explodindo e mudando o placar para 1 a 0! Pelo jeito hoje não é o dia do time visitante. Mahmood Shareef foi sem dó pelo meio da defesa adversária e marcou 2 a 0 aos 39 minutos para o(a) Pats. Jami Koskinenreclamou tanto da marcação do juiz que, aos 40 minutos, tomou um merecido amarelo. Mark Hötte recebe a bola após o córner e toca tão bem que parecia estar a 2 passos de Zeferino Cunha Silva, que chutou na trave, apesar de ter o gol aberto a sua frente e estar sozinho porque a zaga falhou ao sair e tentar deixá-lo impedido.Pênalti para o(a) Pats aos 42 minutos, convertido com tranquilidade por Gandulf Piroldeixando o jogo em 3 a 0. E 3 a 0 é o resultado quando alcançamos o intervalo do jogo. Os jogadores rumam para os vestiários e enfrentam agora o assédio dos repórteres. “Quem tem que correr é a bola e não vocês”, costuma dizer o técnico do(a) Pats. Seus jogadores seguiram bem os seus ensinamentos e chegaram ao fim deste tempo com 58% da posse de bola.

O que é que eu vou dizer lá em casa? Que chocolate! Oli Meuwly vai pelo meio e marca mais um para o time da casa. 4 a 0 para o(a) Pats, e a aula ainda não terminou. As coisas pioraram para os visitantes. Vladimir Vida escapou pelo meio da zaga adversária aos 64 minutos, alcançando a vantagem de 5 a 0. Ele beijou o emblema exibido em seu peito e foi comemorar junto da torcida. Mahmood Shareefteve um imenso prazer ao marcar 6 a 0 para o(a) Pats, num toque suave entre as pernas do goleiro após receber um passe em profundidade pela direita aos 66 minutos. Zeferino Cunha Silva dominava a sua lateral, enviando cruzamentos perfeitos para os seus companheiros no meio, e no melhor deles, aos 74 minutos, Tauro Tapia não conseguiu mandar para o fundo da rede. A equipe do(a) Pats não é uma boa anfitriã, e faz a defesa direita dos visitantes sofrer bastante quando Rumen Evtimov cortou um zagueiro pro meio da grande área e chutou colocado no ângulo aumentando a vantagem para 7 a 0. Jami Koskinen do(a) Chesterton apareceu livre na entrada da grande área e chutou forte, quase acertando um fotógrafo que se posicionava perto da trave esquerda (76 minutos). Protestos de toda torcida quando o juiz mostrou apenas um amarelo a Vasil Marinov do(a) Chesterton, após cometer uma falta por trás aos 77 minutos. Muitos achavam que o jogador deveria ter sido expulso. Mahmood Shareef aumentou a vantagem do(a) Pats para 8 a 0 depois de finalizar um cruzamento da direita (78 minutos). “Mais um!! Mais um!!”, grita a torcida em êxtase! É o terceiro gol de Mahmood Shareef que, com um hattrick, é atirado nas graças da galera. O jogo teve algumas faltas e paradas para atendimentos aos jogadores, então o juiz dará 1 minuto além do tempo regulamentar. Justo. Fim de jogo! O resultado ficou em 8 a 0. No derradeiro minuto, Pats se sobressaiu contra seu adversário dominando o meio com 58% da posse de bola!

Oli Meuwly, do(a) Pats, com as pinceladas de Michelangelo nos pés, pintou uma bonita obra de arte no campo com um futebol exuberante, por outro lado, o que aconteceu com Gandulf Pirol? Parece que desaprendeu a jogar bola! Pelo(a) Chesterton, Jami Koskinen fica com o prêmio Trivelão, dado para o melhor jogador da partida, Tomas Štrafėlas não teve perdão da torcida depois de pisar na bola, tropeçar sozinho e tocar a bola insistentemente para o juiz.

Detalhes de desempenho

Meio-campo formidável (baixo) razoável (mt. alto)
Defesa direita genial (mt. baixo) boa (mt. baixo)
Defesa central brilhante (baixo) razoável (baixo)
Defesa esquerda titânica (mt. baixo) razoável (mt. alto)
Ataque direito brilhante (baixo) fenomenal (mt. alto)
Ataque central magnífica (mt. baixo) boa (baixo)
Ataque esquerdo fenomenal (alto) excelente (alto)
Tiro livre indireto
Defesa magnífica (mt. baixo) razoável (mt. alto)
Ataque brilhante (mt. baixo) razoável (mt. baixo)
Orientação
Tática Jogar com criatividade Normal
Nível lendária (+1) (nenhuma tática)
Estilo de jogo 100% defensivo neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Petr Štach 20′
2 – 0 Mahmood Shareef 39′
3 – 0 Gandulf Pirol 42′
4 – 0 Oli Meuwly 54′
5 – 0 Vladimir Vida 64′
6 – 0 Mahmood Shareef 66′
7 – 0 Rumen Evtimov 75′
8 – 0 Mahmood Shareef 78′
1 cartão amarelo Jami Koskinen 40′
1 cartão amarelo Vasil Marinov 77′

Posse de Bola

58%
42%
58%
42%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
8 5
2 Ataque esquerdo 0
3 Ataque central 1
2 Ataque direito 0
1 Outro 1
0 Eventos especiais 3

Estatísticas exclusivas

0

Jogo de Torneio #55 – MVC

Quinto jogo do Mengo Várzea Chesterton na tradicional MVC, temporada 10. Mantendo a gangorra, terceira derrota, a terceira por goleada: 1-4 frente a equipe da III Divisão do Bahrain.

 

It was an exceptionally sunny day for the crowd that came out to the stadium today.The intense heat made it hard for players relying on strength or speed to shine. On the other hand, it provided perfect conditions for the more technical players. , enquanto uma constelação de craques vai entrando em campo sob os aplausos frenéticos da torcida! E lá vêm eles: WatsonSamson, BelodedićBastos, Boogert, Majszak, Niemann, ArpaAl Jalahma, Bicho, Graham.

, confira comigo a escalação: JoraMarinov, ŠtrafėlasCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

Os dois times entram em campo com uma estratégia parecida, tendo escolhido a formação 2-5-3. Spursmans viu nas laterais a melhor estratégia para tentar marcar gols. Sua tática de ataques laterais nível lendária (+2) era acionada a todo momento.Nathaniel Watson foi aclamado pela torcida quando mostrou toda sua agilidade aos 13 minutos depois de parar um chute muito forte de Adib Berraja dos visitantes.Dmitry Uverskiy esteve perto de marcar para os visitantes no 14º minuto depois de uma jogada individual pelo meio, mas Nathaniel Watson, com um pequeno toque, desviou para escanteio. GOLAÇO!! Aos 32 minutos Željko Belodedić desempata o jogo para o(a) Spursmans numa meia-bicicleta, depois de uma tabela pelo meio da defesa adversária. O jogo agora está em 1 a 0. Aos 36 minutos, os visitantes poderiam ter marcado o gol que daria igualdade ao placar depois que Tomas Štrafėlas veio numa grande investida pelo meio, mas seu chute saiu totalmente torto, nem parece que é profissional. O que é que eu vou dizer lá em casa? Que chocolate! Joel Graham vai pelo meio e marca mais um para o time da casa. 2 a 0 para o(a) Spursmans, e a aula ainda não terminou. As pedaladas do sagaz Dmitry Uverskiy deram um bom susto em Henk Boogert, que às vezes esquece que futebol é bola no pé e só mostra ser bom nas cabeçadas. Sorte dele que o goleirão não foi enganado e defendeu o chute colocado rente ao poste esquerdo. Aos 43 minutos, o juiz já estava no limite de sua paciência, quando Luís Bastos deu outra entrada com mais força que o necessário e por isso o esperado cartão amarelo foi mostrado para o representante do(a) Spursmans. Quando é dado o apito final do primeiro tempo o placar indica: 2 a 0. Este intervalo é um gentil oferecimento da milagrosa caninha de Jarinu, patrocinadora oficial da Seleção Brasileira. Será que a equipe Spursmans é treinada pelo Pep Guardiola? O fato é que eles dominaram estes últimos minutos com 55% de posse de bola.

A equipe do(a) Spursmans aumentou a vantagem para 3 a 0 depois de um tiro cruzado da direita de Muhsin Al Jalahma aos 68 minutos. A equipe do(a) Spursmansnão é uma boa anfitriã, e faz a defesa direita dos visitantes sofrer bastante quando Henk Boogert cortou um zagueiro pro meio da grande área e chutou colocado no ângulo aumentando a vantagem para 4 a 0. Frans Arpa quase faz mais um para o time da casa aos 71 minutos, entrando rápido na área e chutando sem defesa para o goleiro, mas a bola acaba subindo um pouco demais. O jogador do(a) Spursmans, Frans Arpa, recebeu um cartão amarelo e algumas palavras duras do árbitro depois de uma forte entrada sobre um adversário aos 79 minutos. De volta ao jogo, o(a) Chesterton parece ter acordado depois do gol de Vasil Marinov aos 80 minutos, resultante do trabalho de bola muito bem feito do lado direito: 4 a 1. Já tinha jogador sentindo cãibra em campo, mas quando o juiz disse que vai ter mais 1 minuto de jogo, os jogadores parecem ter decidido dar um pique final. Fim de jogo! O resultado ficou em 4 a 1. “Quem tem que correr é a bola e não vocês”, costuma dizer o técnico do(a) Spursmans. Seus jogadores seguiram bem os seus ensinamentos e chegaram ao fim deste tempo com 56% da posse de bola.

Muhsin Al Jalahma, do(a) Spursmans deu um show à parte, desconcertando a todos com seu jogo de encher os olhos, Nathaniel Watson foi recebido com uma chuva de pipocas pela torcida. Que apresentação medíocre! Pelo(a) Chesterton, Jami Koskinenfica com o prêmio Trivelão, dado para o melhor jogador da partida, enquanto que o Tomas Štrafėlas leva o prêmio Botinha Anatômica pela sua atuação ridícula em campo.

Detalhes de desempenho

Meio-campo excelente (baixo) razoável (mt. alto)
Defesa direita boa (mt. baixo) boa (mt. baixo)
Defesa central boa (mt. baixo) razoável (mt. baixo)
Defesa esquerda boa (alto) razoável (mt. alto)
Ataque direito genial (mt. alto) fenomenal (mt. alto)
Ataque central mítica (baixo) boa (baixo)
Ataque esquerdo sobrenatural (mt. baixo) excelente (alto)
Tiro livre indireto
Defesa boa (alto) razoável (mt. alto)
Ataque excelente (mt. alto) razoável (mt. baixo)
Orientação
Tática Ataque pelas laterais Normal
Nível lendária (+2) (nenhuma tática)
Estilo de jogo 100% ofensivo neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Željko Belodedić 32′
2 – 0 Joel Graham 39′
3 – 0 Muhsin Al Jalahma 68′
4 – 0 Henk Boogert 69′
4 – 1 Vasil Marinov 80′
1 cartão amarelo Luís Bastos 43′
1 cartão amarelo Frans Arpa 79′

Posse de Bola

55%
45%
56%
44%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
6 5
2 Ataque esquerdo 0
2 Ataque central 3
2 Ataque direito 1
0 Outro 0
0 Eventos especiais 1

Estatísticas exclusivas

0

Jogo de Torneio #54 – MVC

Quarto jogo do Mengo Várzea Chesterton na tradicional SWT, temporada 10. Mantendo a gangorra, após a tempestade, vem a bonança… e que bonança! Uma IMPIEDOSA goleada de 11-0 (!!!) frente a adversário da V Divisão do México. Destaque para os veteranos Jami Koskinen e Leon Veirman, ambos anotaram hat-trick nesse jogo!

 

The spectators at the stadium today were in for an afternoon of sunshine. For some players the sunny weather was bad news. It made Powerful and Quick players a bit sluggish. For Technical players, it was instead an advantage, allowing them to shine on the pitch. , e a lista dos titulares é: JoraMarinov, ŠtrafėlasCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

, enquanto uma constelação de craques vai entrando em campo sob os aplausos frenéticos da torcida! E lá vêm eles: Martín de ArmasPáez, Michael, Olivares, CarrilloAlarcón, Fragoso, Moralejo, CantúSilvera Mora, Caso.

Mengo Várzea Chesterton está escalado na formação 2-5-3. Já no caso do(a) Los Recursadores de 3o, a formação escolhida foi o 4-4-2. “Só três coisas param no ar: helicóptero, beija-flor e Jami Koskinen!!” – foi a declaração do técnico do(a) Chesterton sobre o golaço de cabeça no escanteio cobrado por Leon Veirman aos 21 minutos, deixando o placar em 1 a 0. Chesterton aumentou a vantagem aos 30 minutos quando Tauro Tapia avançou pela defesa central adversária e chutou forte para marcar 2 a 0. A defesa não estava preparada para a jogada ensaiada do(a) Chesterton. Depois da falta na intermediária, a bola foi virada de um lado para outro, até que Jami Koskinen apareceu livre para conferir: 3 – 0 aos 33 minutos de jogo.Mark Hötte declarou que quer se tornar um ídolo da torcida do(a) Chesterton, e seus esforços estão sendo reconhecidos. Tabelando pela direita, ele deixou seu marcador para trás aos 39 minutos e chutou para marcar 4 a 0, e a torcida agradece com fogos e cantoria. O jogador do(a) Chesterton, Tomas Štrafėlas, recebeu um cartão amarelo e algumas palavras duras do árbitro depois de uma forte entrada sobre um adversário aos 40 minutos. O que é que eu vou dizer lá em casa? Que chocolate! Jami Koskinen vai pelo meio e marca mais um para o time da casa. 5 a 0 para o(a) Chesterton, e a aula ainda não terminou. Assim, o inspirado Jami Koskinen faz três gols nesta partida, um hattrick. O(a) Chesterton aumentou a vantagem para 6 a 0! Depois de um cruzamento da esquerda, Pedro Tomás Berrocal, isolado, não teve dificuldades contra o goleiro adversário (42 minutos). O árbitro pediu a bola, apontou para o centro do campo e disse que não há tempo para mais nada. Placar parcial: 6 a 0. Chesterton demonstrou melhor intimidade com a bola e a manteve nos pés por 70% durante o final deste tempo.

Protestos de toda torcida quando o juiz mostrou apenas um amarelo a Federico Olivares do(a) Recursadores, após cometer uma falta por trás aos 47 minutos. Muitos achavam que o jogador deveria ter sido expulso. Após um rápido ataque pela esquerda aos 63 minutos, Mark Hötte desmarcado completa facilmente para o gol para a felicidade da torcida do(a) Chesterton: 7 a 0. A velocidade de Zeferino Cunha Silva sempre foi uma ameaça. “Pra cima dele!”, gritou e gesticulou o técnico do(a) Chesterton ao ver seu atleta ganhar mais uma e fazer o passe limpinho para Pedro Tomás Berrocal marcar. 8 a 0! Pênalti para o(a) Chesterton aos 75 minutos, convertido com tranquilidade por Leon Veirman deixando o jogo em 9 a 0. Placar: 10 a 0. Tempo: 76 minutos. Torcedores comemorando: do(a) Chesterton. Atleta: Leon Veirman. Enredo: pênalti assinalado, cobrado, marcado e a vantagem é aumentada. O resumo de uma tragédia gloriosa. Leon Veirman teve um imenso prazer ao marcar 11 a 0 para o(a) Chesterton, num toque suave entre as pernas do goleiro após receber um passe em profundidade pela direita aos 79 minutos. “Mais um!! Mais um!!”, grita a torcida em êxtase! É o terceiro gol de Leon Veirman que, com um hattrick, é atirado nas graças da galera. O jogo teve algumas faltas e paradas para atendimentos aos jogadores, então o juiz dará 3 minutos além do tempo regulamentar. Justo. Fim de papo! E a PM cerca o trio de arbitragem. Pura marra do árbitro que pediu policiamento, pois ninguém reclama do 11 a 0. “Quem tem que correr é a bola e não vocês”, costuma dizer o técnico do(a) Chesterton. Seus jogadores seguiram bem os seus ensinamentos e chegaram ao fim deste tempo com 68% da posse de bola.

Minhas retinas fatigadas vão guardar a imagem do Jami Koskinen armando suas jogadas, se destacando no meio do escrete do(a) Chesterton, Tomas Štrafėlas não teve perdão da torcida depois de pisar na bola, tropeçar sozinho e tocar a bola insistentemente para o juiz. Darío Carrillo, do(a) Recursadores, com as pinceladas de Michelangelo nos pés, pintou uma bonita obra de arte no campo com um futebol exuberante, Armando Martín de Armas foi recebido com uma chuva de pipocas pela torcida. Que apresentação medíocre!

Detalhes de desempenho

Meio-campo razoável (mt. alto) ruim (alto)
Defesa direita excelente (alto) ruim (baixo)
Defesa central boa (alto) inadequada (baixo)
Defesa esquerda excelente (baixo) inadequada (alto)
Ataque direito boa (alto) ruim (mt. alto)
Ataque central inadequada (mt. baixo) ruim (mt. alto)
Ataque esquerdo razoável (mt. baixo) fraca (baixo)
Tiro livre indireto
Defesa razoável (alto) inadequada (baixo)
Ataque razoável (mt. baixo) fraca (baixo)
Orientação
Tática Normal Normal
Nível (nenhuma tática) (nenhuma tática)
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Jami Koskinen 21′
2 – 0 Tauro Tapia 30′
3 – 0 Jami Koskinen 33′
4 – 0 Mark Hötte 39′
5 – 0 Jami Koskinen 41′
6 – 0 Pedro Tomás Berrocal 42′
7 – 0 Mark Hötte 63′
8 – 0 Pedro Tomás Berrocal 72′
9 – 0 Leon Veirman 75′
10 – 0 Leon Veirman 76′
11 – 0 Leon Veirman 79′
1 cartão amarelo Tomas Štrafėlas 40′
1 cartão amarelo Federico Olivares 47′

Posse de Bola

70%
30%
68%
32%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
11 1
2 Ataque esquerdo 0
2 Ataque central 1
2 Ataque direito 0
3 Outro 0
2 Eventos especiais 0

Estatísticas exclusivas

0

Jogo de Torneio #53 – MVC

Terceiro jogo do Mengo Várzea Chesterton na tradicional SWT, temporada 10. Agindo que nem uma gangorra, dando vexame numa rodada, goleando na seguinte e assim por diante, o time sofreu a segunda derrota humilhante: 1-7 frente a adversário da II Divisão do Uzbequistão.

 

Weather conditions were fairly good for football at the stadium today. , e a lista dos titulares é: JoraMarinov, ŠtrafėlasCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

. A torcida vai falando o nome de cada um dos jogadores: FozilovAmintikidis, IskandarovFăt, 永隆 (Yonglong), Ginster, Scurtu, HagguiRametov, Amollo, Racoviţă.

Os dois times escalaram seus jogadores para jogar no esquema 2-5-3. Após 6 minutos de jogo, o jogador do(a) Chesterton, Mark Hötte, deu ao time da casa a vantagem de 1 a 0 depois de um rápido ataque pela ala direita. O empate dos visitantes parecia certo ao 8º minuto, depois de uma tabelinha entre dois jogadores pela esquerda, mas Marius Jora acabou se interpondo antes que o chute fosse disparado. Protestos de toda torcida quando o juiz mostrou apenas um amarelo a Ismat Rametov do(a) Korruption, após cometer uma falta por trás aos 26 minutos. Muitos achavam que o jogador deveria ter sido expulso. No 34º minuto a técnica de Ştefan Racoviţă deixou Leon Veirman, que às vezes mostra que é bom de cabeçada e doente do pé, a ver navios depois de 3 dribles desconcertantes. Pena que a finalização foi prensada pelo marcador que estava na sobra e o goleiro defendeu. Os visitantes empataram em 1 a 1 no 35º minuto quando Ştefan Racoviţă pegou o tempo da bola que foi cruzada para ele e aproveitando, soltou um forte voleio da direita. Tarek Ginster mandou a torcida da casa se calar com um feio gesto de silêncio, após cobrar uma falta muito bem colocada. Os visitantes estão na liderança, como mostra o placar: 1 a 2. A defesa não estava preparada para a jogada ensaiada do(a) Korruption. Depois da falta na intermediária, a bola foi virada de um lado para outro, até que Ismat Rametov apareceu livre para conferir: 1 – 3 aos 41 minutos de jogo. Acerte o seu aí que eu arredondo o meu aqui. O juiz aponta o centro do campo e termina esta etapa. 1 a 3. As torcidas aproveitam o intervalo e estendem faixas pedindo PAZ nos estádios de futebol. Será que a equipe Korruption é treinada pelo Pep Guardiola? O fato é que eles dominaram estes últimos minutos com 57% de posse de bola.

Após um cruzamento pela linha de fundo vindo da esquerda aos 49 minutos, a bola sobrou para Alin Scurtu que apareceu isolado na área do adversário. Infelizmente o chute saiu sem força e completamente sem direção. Avançando livremente pelo meio da zaga adversária aos 58 minutos, Abdelhak Haggui do(a) Korruption ainda teve tempo de escolher o canto antes de marcar 1 a 4. Aos 60 minutos de jogo, a equipe do(a) Korruption estava visivelmente feliz com o placar. A nova postura tática adotada refletia essa tranquilidade. Que visão de jogo espetacular! Husan Fozilovapanhou os adversários de surpresa aos 60 minutos com um passe do campo de defesa que deixou Peter Amollo de cara pro gol, só tendo o trabalho de tocar pra dentro. Resultado: 1 a 5. Uma empolgante jogada pelo meio no 61° minuto deu a 周 (Zhou) 永隆 (Yonglong) do(a) Korruption uma chance de aumentar o placar e ele não desapontou. O placar agora é 1 a 6. Aproveitando o espaço no lado esquerdo do ataque, Abdelhak Haggui alargou o placar para 1 a 7 aos 68 minutos. Com o placar favorável ao Korruption aos 78 minutos de jogo, Kostas Amintikidis queria continuar jogando, mas respeitou a opção do técnico de colocar Gregorio Klinkenberg pra jogar.A capitania do(a) Korruption é passada para Gregorio Klinkenberg que recebe a braçadeira com pompa. Korruption vencia o jogo aos 78 minutos. Vendo isso, o técnico mandou Krist Cloquet para o campo, no lugar de Ştefan Racoviţă, que parecia cansado e já não disputava as jogadas com tanta disposição. O juiz deu mais 1 minuto de acréscimo, dando aos torcedores a esperança de pelo menos mais um ataque de seu time antes do apito final. Termina o jogo e o placar mostra 1 a 7.Korruption demonstrou melhor intimidade com a bola e a manteve nos pés por 58% durante o final deste tempo.

Jami Koskinen, do(a) Chesterton, com as pinceladas de Michelangelo nos pés, pintou uma bonita obra de arte no campo com um futebol exuberante, por outro lado, o que aconteceu com Tomas Štrafėlas? Parece que desaprendeu a jogar bola! Pelo(a) Korruption, Ismat Rametov fica com o prêmio Trivelão, dado para o melhor jogador da partida, Gregorio Klinkenberg foi recebido com uma chuva de pipocas pela torcida. Que apresentação medíocre!

Detalhes de desempenho

Meio-campo razoável (mt. alto) excelente (alto)
Defesa direita boa (mt. baixo) razoável (baixo)
Defesa central razoável (baixo) inadequada (alto)
Defesa esquerda boa (mt. baixo) razoável (mt. alto)
Ataque direito brilhante (mt. baixo) razoável (mt. alto)
Ataque central boa (mt. baixo) excelente (mt. alto)
Ataque esquerdo excelente (alto) boa (baixo)
Tiro livre indireto
Defesa razoável (mt. alto) inadequada (mt. alto)
Ataque razoável (mt. baixo) boa (mt. alto)
Orientação
Tática Normal Normal
Nível (nenhuma tática) (nenhuma tática)
Estilo de jogo neutro 100% defensivo

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Mark Hötte 6′
1 – 1 Ştefan Racoviţă 35′
1 – 2 Tarek Ginster 37′
1 – 3 Ismat Rametov 41′
1 – 4 Abdelhak Haggui 58′
1 – 5 Peter Amollo 60′
1 – 6 周 (Zhou) 永隆 (Yonglong) 61′
1 – 7 Abdelhak Haggui 68′
1 cartão amarelo Ismat Rametov 26′
Comportamento Peter Amollo
Defensivo  Para  Normal
60′
Substituição Sai  Kostas Amintikidis
Entra  Gregorio Klinkenberg
78′
Substituição Sai  Ştefan Racoviţă
Entra  Krist Cloquet
78′

Posse de Bola

43%
57%
42%
58%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
1 11
0 Ataque esquerdo 4
0 Ataque central 2
1 Ataque direito 1
0 Outro 2
0 Eventos especiais 2

Estatísticas exclusivas

0

Jogo de Torneio #52 – MVC

Segundo jogo do Mengo Várzea Chesterton na tradicional SWT, temporada 10. Após um início desastroso, uma sonora goleada de 6-0 frente a equipe da IV Divisão do Paraguai.

 

The weather was pretty good at the stadium today for the match. , enquanto uma constelação de craques vai entrando em campo sob os aplausos frenéticos da torcida! E lá vêm eles: JoraMarinov, ŠtrafėlasCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

, e a lista dos titulares é: AkelLatto, Arandia, Bernal, SaneKarlsen, Arrechea, Chaparro, WenckSulzberger, Bendlin.

Os time escolheram formações diferentes para começar a partida. Os donos da casa, Mengo Várzea Chesterton, optaram pelo 2-5-3, enquanto os visitantes, Joaquincho, decidiram jogar com um 4-4-2. A instrução do técnico do(a) Joaquincho era evitar ao máximo o ataque pelo centro, e abrir sempre o jogo para as laterais, pois treinaram bastante esta tática, que atingia nível formidável. Não é à toa que chamam esse juiz de caseiro, num lance duvidoso dentro da grande área ele assinala uma penalidade máxima para o(a) Chesterton. A torcida comemorava antes mesmo da cobrança ao ver o batedor, e não deu outra Leon Veirman cobrou muito bem e sua equipe passa a frente no marcador por 1 a 0! Uma grande defesa do goleiro Oskar Akel aos 23 minutos manteve os visitantes no páreo quando Dmitry Uverskiy disparou uma verdadeira bomba pela esquerda. O que é que eu vou dizer lá em casa? Que chocolate! Mark Hötte vai pelo meio e marca mais um para o time da casa. 2 a 0 para o(a) Chesterton, e a aula ainda não terminou. A defesa não estava preparada para a jogada ensaiada do(a) Chesterton. Depois da falta na intermediária, a bola foi virada de um lado para outro, até que Tauro Tapia apareceu livre para conferir: 3 – 0 aos 31 minutos de jogo. Uma grande defesa do goleiro Oskar Akel no 33º minuto manteve os visitantes no jogo quando Leon Veirman, pela esquerda, disparou uma verdadeira bomba. O árbitro pediu a bola, apontou para o centro do campo e disse que não há tempo para mais nada. Placar parcial: 3 a 0. Parece que o esquema “tic-tac” do técnico do(a) Chesterton funcionou muito bem, já que eles dominaram o meio de campo com 66% da posse de bola ao final desses 45 minutos.

A falta batida por Leon Veirman, a mais de 30 metros do gol, deixou o indefeso goleiro sem chances para agarrar. Aos 66 minutos, é 4 a 0 para o(a) Chesterton. Aos 75 minutos, Adib Berraja do(a) Chesterton chegou atrasado em uma dividida, inevitavelmente cometendo uma falta dura. O juiz considerou a falta intencional e ‘amarelou’ o jogador! Protestos de toda torcida quando o juiz mostrou apenas um amarelo a Jens Karlsen do(a) Joaquincho, após cometer uma falta por trás aos 77 minutos. Muitos achavam que o jogador deveria ter sido expulso. Zeferino Cunha Silva declarou que quer se tornar um ídolo da torcida do(a) Chesterton, e seus esforços estão sendo reconhecidos. Tabelando pela direita, ele deixou seu marcador para trás aos 83 minutos e chutou para marcar 5 a 0, e a torcida agradece com fogos e cantoria. Pedro Tomás Berrocal deveria ter feito mais um gol pelo meio para o seu time no 86º minuto, mas Oskar Akel com uma bela defesa manteve os visitantes na partida. O jogador do(a) Joaquincho, Gregorio Arrechea, recebeu um cartão amarelo e algumas palavras duras do árbitro depois de uma forte entrada sobre um adversário aos 86 minutos. 87 minutos: Zeferino Cunha Silva deve ser parente do Euller, “O filho do vento”, pois deixou o Abdoul Sane comendo poeira e tocou por cobertura na saída do goleiro. Agora o placar mostra 6 a 0. Já tinha jogador sentindo cãibra em campo, mas quando o juiz disse que vai ter mais 2 minutos de jogo, os jogadores parecem ter decidido dar um pique final. Fim de jogo! O resultado ficou em 6 a 0. Será que a equipe Chesterton é treinada pelo Pep Guardiola? O fato é que eles dominaram estes últimos minutos com 67% de posse de bola.

Jami Koskinen, do(a) Chesterton deu um show à parte, desconcertando a todos com seu jogo de encher os olhos, parecendo ter sugado todo o talento do Tomas Štrafėlasque nada fez no jogo. Minhas retinas fatigadas vão guardar a imagem do Clemente Chaparro armando suas jogadas, se destacando no meio do escrete do(a) Joaquincho, Wolf Wenck não teve perdão da torcida depois de pisar na bola, tropeçar sozinho e tocar a bola insistentemente para o juiz.

Detalhes de desempenho

Meio-campo razoável (mt. alto) ruim (mt. alto)
Defesa direita boa (mt. alto) razoável (mt. alto)
Defesa central razoável (mt. alto) razoável (baixo)
Defesa esquerda boa (mt. alto) razoável (baixo)
Ataque direito formidável (baixo) fraca (baixo)
Ataque central razoável (mt. baixo) fraca (baixo)
Ataque esquerdo boa (baixo) fraca (alto)
Tiro livre indireto
Defesa razoável (mt. alto) inadequada (mt. alto)
Ataque razoável (mt. baixo) fraca (alto)
Orientação
Tática Normal Ataque pelas laterais
Nível (nenhuma tática) formidável
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Leon Veirman 22′
2 – 0 Mark Hötte 24′
3 – 0 Tauro Tapia 31′
4 – 0 Leon Veirman 66′
5 – 0 Zeferino Cunha Silva 83′
6 – 0 Zeferino Cunha Silva 87′
1 cartão amarelo Adib Berraja 75′
1 cartão amarelo Jens Karlsen 77′
1 cartão amarelo Gregorio Arrechea 86′

Posse de Bola

66%
34%
67%
33%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
10 0
2 Ataque esquerdo 0
3 Ataque central 0
1 Ataque direito 0
3 Outro 0
1 Eventos especiais 0

Estatísticas exclusivas

0

Jogo de Torneio #51 – MVC

Primeiro jogo do Mengo Várzea Chesterton na tradicional SWT, temporada 10. O time começou mal, derrota de 2-6 frente a equipe da região de Nordhein-Westfalen, da Alemanha, que joga a IV Divisão do HTI.

 

Clouds darkened the skies at the stadium today. . A torcida vai falando o nome de cada um dos jogadores: JoraMarinov, ŠtrafėlasCunha Silva, Veirman, Koskinen, Uverskiy, BerrajaBerrocal, Tapia, Hötte.

, e os jogadores vão saindo do vestiário: Calòvan Nieuwstad, HassaniRedomero, Herok, Refer, Breidenbach, RuthenbergDulba, Stockdorf, Corveddu.

Os dois times escalaram seus jogadores para jogar no esquema 2-5-3. Chestertonassumiu a liderança aos 3 minutos, quando Jami Koskinen tabelou pela esquerda e chutou rasteiro da entrada da área para fazer 1 a 0. Zeferino Cunha Silva era soberano na sua lateral, e fazendo um cruzamento perfeito aos 14 minutos, deixou Adib Berraja em ótimas condições para fazer o gol, mas a bola foi para longe.Gladbach é visita que não faz cerimônia. Depois de uma confusão no meio da área, Jędrzej Dulba tocou pra dentro aos 22 minutos, deixando tudo igual aqui no estádio: 1 a 1. Coitados dos torcedores do time da casa. Pagaram para ver Gerhart Herokatacar pela direita, invadir e marcar um dos gols mais bonitos já pintados nos gramados. 26 minutos, e os visitantes estão na frente, 1 a 2. Depois de um excelente trabalho pelo corredor direito, Tauro Tapia chega à igualdade aos 40 minutos, o resultado é de 2 a 2. Aos 41 minutos, Pedro Tomás Berrocal do(a) Chesterton se jogou escandalosamente na entrada da área, mas o juiz não engoliu e ainda por cima deu um amarelo pelo teatro. E 2 a 2 é o resultado quando alcançamos o intervalo do jogo. Os jogadores rumam para os vestiários e enfrentam agora o assédio dos repórteres. Será que a equipe Gladbach é treinada pelo Pep Guardiola? O fato é que eles dominaram estes últimos minutos com 55% de posse de bola.

Vasil Marinov entrou rápido na grande área aos 54 minutos, tirou de um zagueiro, mas foi travado pela zaga que se mostra muito bem estruturada. No 66º minuto uma jogada infeliz do time da casa deu aos visitantes a chance de se isolarem no placar, mas Florian Stockdorf, encontrando-se somente com o goleiro pela frente, não conseguiu tirar proveito da situação. 77 minutos: Massimiliano Corveddu do(a) Gladbach deu a vantagem aos visitantes depois de uma seqüência de jogadas pelo meio. Placar: 2 a 3. Jurjen van Nieuwstad do(a) Gladbach sempre foi conhecido por surpreender dentro de campo. Fingindo que iria cruzar, ele limpou 2 zagueiros que pularam de costas. Invadiu a área, protegeu a bola com o corpo e rolou. Jędrzej Dulba entrou correndo e meteu uma bomba que obrigou o goleiro a se proteger. O gol muda o placar para 2 a 4. No 79° minuto de jogo, Massimiliano Corveddu recebeu a bola livre após uma bela jogada pela esquerda do(a) Gladbach, tendo apenas que invadir a área e tocar na saída do goleiro marcando outro gol para os visitantes. O placar agora é 2 a 5. Protestos de toda torcida quando o juiz mostrou apenas um amarelo a Dmitry Uverskiy do(a) Chesterton, após cometer uma falta por trás aos 80 minutos. Muitos achavam que o jogador deveria ter sido expulso. Um erro de comunicação entre os zagueiros centrais acabou deixando Gerhart Herokcompletamente desmarcado para tocar por entre as pernas do goleiro no 85º minuto. Com isso a vantagem do(a) Gladbach aumentou para 2 a 6. O juiz deu mais 2 minutos de acréscimo, dando aos torcedores a esperança de pelo menos mais um ataque de seu time antes do apito final. Apita o árbitro, fim da partida! O resultado final é 2 a 6. “Quem tem que correr é a bola e não vocês”, costuma dizer o técnico do(a) Gladbach. Seus jogadores seguiram bem os seus ensinamentos e chegaram ao fim deste tempo com 53% da posse de bola.

Pelo(a) Chesterton, Jami Koskinen fica com o prêmio Trivelão, dado para o melhor jogador da partida, Tomas Štrafėlas não teve perdão da torcida depois de pisar na bola, tropeçar sozinho e tocar a bola insistentemente para o juiz. Dribles desconcertantes! Passes precisos! Calma e parcimônia em cada jogada. Massimiliano Corveddu, do(a) Gladbach, jogou muito essa noite, por outro lado, o que aconteceu com Paolo Calò? Parece que desaprendeu a jogar bola!

Detalhes de desempenho

Meio-campo razoável (mt. alto) boa (alto)
Defesa direita boa (mt. baixo) razoável (baixo)
Defesa central razoável (baixo) formidável (alto)
Defesa esquerda boa (mt. baixo) razoável (mt. baixo)
Ataque direito brilhante (mt. baixo) excelente (mt. alto)
Ataque central boa (mt. baixo) sobrenatural (mt. baixo)
Ataque esquerdo excelente (alto) excelente (mt. alto)
Tiro livre indireto
Defesa razoável (mt. alto) boa (baixo)
Ataque razoável (mt. baixo) razoável (mt. alto)
Orientação
Tática Normal Normal
Nível (nenhuma tática) (nenhuma tática)
Estilo de jogo neutro neutro

Reações da comunidade

Ninguém escreveu um comunicado de imprensa sobre isso ainda.

Publicar um comunicado de imprensa sobre essa partida

Destaques

1 – 0 Jami Koskinen 3′
1 – 1 Jędrzej Dulba 22′
1 – 2 Gerhart Herok 26′
2 – 2 Tauro Tapia 40′
2 – 3 Massimiliano Corveddu 77′
2 – 4 Jędrzej Dulba 78′
2 – 5 Massimiliano Corveddu 79′
2 – 6 Gerhart Herok 85′
1 cartão amarelo Pedro Tomás Berrocal 41′
1 cartão amarelo Dmitry Uverskiy 80′

Posse de Bola

45%
55%
47%
53%

Distribuição de chances

Mandante Visitante
5 7
1 Ataque esquerdo 2
1 Ataque central 3
1 Ataque direito 1
1 Outro 0
1 Eventos especiais 1

Estatísticas exclusivas