Quanto mais trema, melhor!

O futebol sempre foi terreno fértil para surpestições. Por mais esforços que estatísticos e matemáticos de plantão façam para buscar algum tipo de formalização para o esporte, ainda há espaço para o imponderável. Que o diga o presidente do Taquaraço! O dirigente nunca escondeu de ninguém sua predileção por jogadores finlandeses. Não, não tente encontrar nenhuma explicação lógica.

Verdade que a Finlândia possui um desempenho razoável na Copa do Mundo do Hattrick (dona de 3 medalhas de bronze). Contudo, ela sempre se manteve num patamar inferior a TODOS seus vizinhos escandinavos (Suécia, Noruega, Dinamarca, etc), assim como outros países com uma ampla base de equipes ativas (como Espanha e Alemanha, por exemplo). A oferta de bons jogadores finlandeses é parecida com a do mercado nacional, com números similares de clubes. Mas isso não importa. Pelo menos para o mandatário maior do clube alviverde.

Vesa Orasto foi o primeiro jogador finlandês a vir para o Taquaraço, vindo da longínqua Helsinque (terra do fc resh lakish). A polivalência do jogador impressionou o antigo técnico Jonathan Usher: “Contratamos um atacante e recebemos um jogador capaz de jogar pelo meio, pelas alas, se duvidar até no gol!” – recorda o eterno ídolo da Taquarada. Outro fator que chamou a atenção de todos foi a índole do atleta, descrito por seus companheiros de vestiário como “uma pessoa simpática, calma e decente”. Embora nunca tenha sido um grande artilheiro ou tenha caído nas graças da torcida, Vesa sempre foi uma peça taticamente importante para o ataque taquarense, levantando o cartaz finlandês em terras gaúchas.

Desde então, dirigentes do Taquaraço sempre tem ficado atentos em leilões de jogadores finlandeses. E nas últimas duas semanas puderam realizar elevados investimentos em jogadores desta nacionalidade: Pekka Sääksvuori – atacante polêmico vindo do futebol polonês – e Tomi Änäkäinen – meio-campo com incríveis três tremas no sobrenome, o que não deixa dúvidas sobre a sua “finlandidade”. Ambos os jogadores possuem 30 anos de idade e foram contratados para serem titulares absolutos da equipe, ajudando na renovação do meio-campo e ataque. Só o tempo dirá se ambos vão marcar época no clube da sinuca, mas não resta dúvida quanto a uma coisa: o presidente continuará procurando reforços nas geladas terras escandinavas.

About taquaraco